Livros de Carlo Ginzburg | para download




Filho do professor e tradutor Leone Ginzburg e da romancista Natalia Ginzburg, estudou na Escola Normal Superior de Pisa, e em seguida no Instituto Warburg em Londres; ensinou história moderna na Universidade de Bolonha e, em seguida, nas universidades de Harvard, Yale e Princeton, além da Universidade da Califórnia em Los Angeles (nesta última, ocupou, durante duas décadas desde 1988, a cadeira de história do Renascimento italiano). Desde 2006, ele ocupa a cadeira de história cultural europeia na Escola Normal Superior de Pisa.

Livros de Elio Gaspari | para download


Nascido na Itália, Gaspari chegou ao Brasil em 1949 em companhia de sua mãe Anna Giacchetti. Começou a carreira jornalística num semanário chamado Novos Rumos, e depois foi auxiliar do colunista social Ibrahim Sued, passando a seguir por publicações de destaque, como o Diário de São Paulo, a revista Veja e o Jornal do Brasil.

Livros de Georges Duby | para download



Georges Duby (7 de Outubro de 1919 - 3 de Dezembro de 1996) foi um historiador francês, especialista na Idade Média.

Deu início à sua carreira universitária em Lyon, no ano de 1949 onde foi aluno e logo após termino de seus estudos se tornou professor assistente, tendo sido posteriormente professor na Universidade de Bensançon, passando também por Aix-en-Provence. Membro da Academia Francesa e professor do Collège de France entre os anos de 1970 e 1992. Foi um especialista em história medieval, lançou mais de 70 livros e coordenou coleções importantes, como a História da vida privada.

Livros de François Dosse | para download


François Dosse (21 de septiembre de 1950) es un historiador y epistemólogo francés, especialista en historia intelectual.

Su producción académica comenzó en 1983 con la publicación de su tesis doctoral sobre la Escuela de los Annales, escuela sobre la que ha trabajado mucho y desde la cual ha sido protagonista de la llamada Cuarta Generación y del fenómeno del desmigajamiento de la historia (concepto acuñado por Dosse en su famosa obra L'histoire en miettes, "La historia en migajas", publicada en 1987).

A História da Filosofia em Mais 40 Filmes


A História da Filosofia em Mais 40 Filmes

A História da Filosofia em mais 40 filmes é a segunda edição de um curso de filosofia e cinema cuja primeira edição, realizada entre maio de 2009 e fevereiro de 2010, estendeu-se ao longo de quarenta sábados, levando ao Teatro Nelson Rodrigues, do Conjunto Cultural da Caixa, mais de 250 espectadores por sessão. Se, por um lado, esse sucesso de público suplantou as previsões mais otimistas, por outro confirmou a nossa convicção de que a interpretação filosófica de obras de arte pode ir muito além dos muros da universidade, contribuindo para a formação de cidadãos que já não opõem reflexão e diversão, pensamento crítico e prazer estético.

10 Filmes inspirados na Filosofia de Heidegger (parte 1)


Muchos aseguran que el filósofo que cambió el rumbo del pensamiento del mundo fue Kant, allá por el siglo XIX; y podríamos compartir tal visión, de no ser porque Heidegger apareció en el XX para estremecer a la filosofía en sí. A partir de su libro “Ser y tiempo”, la tarea por el discernimiento y la reflexión ha tomado su obra como eje principal, ya sea para seguirle o refutarle. ¿A qué se debe esto? De manera resumida, él pensaba que toda idea es un error a menos que se base en una correcta noción del hombre y su existencia. Sólo eso; algo tan simple pero complicado a la vez, pues él pensaba que –para solucionar esto– debemos regresar a los presocráticos y reexaminar nuestro ser.

Blogroll